Farol á meia noite

 

Terra, planeta Terra…. Sei que é batido, mas devíamos nos chamar planeta água. Nossos antepassados erraram desde a escolha do nome do nosso próprio lar. Enfim, esse é o nome, vamos continuar nosso texto, mensagem, autoconhecimento, declaração, depende de como você irá usar.

Você sabia que o primeiro farol a ser erguido foi o de Alexandria? Quem mandou construí-lo foi Ptolomeu no ano 280 a.C. Seu intuito com esse feito foi de guiar e alertar os navegantes. Segundo lendas e relatos, o farol parecia o sol á noite. Com a altura de 150 metros, seu alcance era gigantesco.

Somos muitos pequenos não somos? Já pensou nisso? O que buscamos para nos sentir completos? Mesmo difícil de engolir para muitos, sabemos que o calor de outra pessoa em muitos momentos é o único remédio para nossa eterna agonia. No fim das contas o que deixamos se não, nossos ensinamentos e declarações que aos poucos sumirá como passos fundos na areia, talvez não sumam de primeira, mas consequentemente sumirá no esquecimento.

Ao olhar para trás vemos muitos erros, muitos questionamentos errados, muitos de muitas coisas. Sei o quanto complicado é, no entanto o correto é sempre usar o erro do passado para o acerto do futuro. Isso é algo clichê e brega, contudo, muitos ao dizerem isso para você, não colocam como corrigir seu rumo e mudar seu leme para uma direção completamente diferente.

Afinal, a equação em qual estamos inseridos depende de mais fatores. Depende das Luanas, Anas, Rafaels, Felipes, Ma.. E assim vai. Ao pensar nisso é compreensível sentirmos insegurança, porém não misture isso com falta de coragem.

Pense comigo, você pode começar um ano qualquer pensando que seu maior e único objetivo é se formar ou conseguir um emprego, algo totalmente diferente do que estamos falando. Entretanto em uma bela tarde ele ou ela, aparecem do seu lado em um banco de ônibus ou em uma sala de aula.

Hoje em dia encontramos milhares de pessoas, no entanto sempre observamos algumas delas de forma diferente. Mesmo não tendo nada em mente sobre ela ou ele, você se sente curioso. Muitas das vezes mesmo estando nesse estagio, a maioria não dizem nada, porém dessa vez algo o fez dizer à palavra que pode mudar sua vida em qualquer situação, você disse apenas, oi.

Naquele instante pensem nos milhares de possibilidades que se abrem. Claro que não pensaremos em nenhuma, só pensamos na reação. Se a conversa continuar você involuntariamente começa a construir algo e assim caso aja novos encontros, o vinculo abre espaço para pensamentos sobre os momentos em que você a vê.

O nervosismo ao estar perto, a dúvida do que falar, isso tudo acontece. Você passar por isso milhares de vezes, não conseguirá esquecer-se desses estímulos, nós só o controlamos de maneira mais eficaz.

Com o tempo você começa a ter confiança quanto ao que dizer, entretanto um fator inesperado o separa dessa pessoa, algo normal. Você continua sua vida com o mesmo foco, pois seu passado lhe mostrou que tudo tende a dar errado e seu único aliado é seu esforço porque deixamos a sorte em alguma esquina onde Judas perdeu as botas.

Alguns meses se passam e por conta de muitos fatores certos e alinhados, encontramos a pessoa na qual havíamos tido algo simples, mas singelo. O tempo que se passou, entre os encontros, mostrou que sempre pode mudar o padrão anterior, e assim você pode dar o primeiro passo, dizer o primeiro oi ou simplesmente sentar do lado dessa pessoa e continua algo estacionado. Dali para frente faça o que não fez nas outras vezes que te aconteceu isso, lute, acredite até o fim.

Esse é o fim do texto………..Brincadeira, a historia te passou algo? O que foi o mais importante? Eu não sei o que vocês estão dizendo agora…..ou será que sei….vocês nunca saberão.  Se pensaram na curiosidade, acertaram em termos porque pense que todos nós ao nascermos, entramos em um denso nevoeiro à meia noite e que nossas únicas sinalizações para sair daquilo são nossos laços com as pessoas que amamos. Elas são nossos Faróis, elas nos guiam para a luz.

Ao construir algo com alguém começamos  aos poucos ascender nossa relação e assim nos momentos difíceis, ela ou ele são nosso maior estimulo, são nossos Faróis á meia noite.

Como Clarice Falcão diz em um poema, gosto de você “Porque a sua loucura parece um pouco com a minha”.

Ps: Você sabe que esse texto foi pensado em você. Saiba que seus problemas serão meus problemas, não ligo porque te fazer feliz e te ajudar são o que me guia, sei que falo muito sobre isso no entanto não canso de te ver sorrir. Espero que seja meu farol à meia noite.

 

Obrigado por ter lido até aqui, não esqueça de curtir e olhar os outros conteúdos. Até mais!!!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s